CAN 2019 será no Egito

Organização do CAN 2019 foi atribuída ao Egito, anunciou a Confederação de Futebol Africano (CAF).

A realização da edição de 2019 do Campeonato Africano das Nações (CAN) foi atribuída esta terça-feira (08.01.) ao Egito, em detrimeno do seu único concorrente, África do Sul, anunciou o presidente da Confederação de Futebol Africano (CAF) Ahmad Ahmad.

"Tenho o prazer de anunciar que o Egito irá sediar o CAN-2019", substituindo os Camarões, disse Ahmad após uma votação do comité executivo da CAF, reunido na capital senegalesa, Dakar.

"Quero agradecer os dois países, que ajudaram a CAF na tomada da decisão, quando vimos que a evolução dos trabalhos nos Camarões não era a melhor", acrescentou o presidente da CAF, que tinha retirado em novembro, aos Camarões, a organização da competição, prevista de 15 de junho a 13 de julho.

Recorde-se que o Egito já organizou o CAN quatro vezes, sendo a última em 2006.

Dois candidatos

Ahmad Ahmad

Ahmad Ahmad

O Egito e a África do Sul foram os únicos países que se candidataram em dezembro para a realização do maior evento desportivo do ano no continente africano. O Marrocos, embora muitas vezes citado como um pretendente sério, para surpresa geral, não apresentou a  sua candidatura.

Em 2014, a CAF decidiu atribuir a realização das próximas três edições do CAN de uma só vez: 2019 para os Camarões, 2021 para a Costa do Marfim e 2023 à República da Guiné. No entanto, após a retirada dos Camarões em 2019, a CAF decidiu alterar o calendário, atribuindo a edição seguinte, em 2021, a este país e a de 2023 à Costa do Marfim. Na segunda-feira (07.01.), a República da Guiné anunciou que "aceitava organizar" a edição de 2025.

O Egito, conhecido como a "terra dos Faraós" tem estádios com grande capacidade, dois grandes aeroportos internacionais e um vasto parque hoteleiro. Mas, segundo o observadores, a violência esporádica nos estádios, no entanto, continua sendo um grande ponto de interrogação. Por outro lado, a organização do CAN, pela primeira vez desde a queda em 2011 do regime de Hosni Mubarak, vai ser um desafio para as forças de segurança que enfrentam enormes problemas desde a chegada ao poder, em 2014, de Abdel Fattah el-Sissi .

Ägypten Präsident Abdel Fattah al-Sisi

Abdel Fattah el-Sissi .

CAF Awards 2018

Entretanto, muitos dirigentes do futebol Africano estão em Dakar para participar nesta terça-feira à noite na cerimónia da CAF Awards 2018 (entrega de prémios da CAF 2018 aos melhores jogadores, equipas ou treinadores africanos do ano).

O atacante egípcio, Mohamed Salah (Liverpool), já recompensado no ano passado, é de novo o favorito à frente ao seu companheiro de equipa, o senegalês Sadio Mané. O outro futebolista na lista é o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (Arsenal).

Assistir ao vídeo 01:43
Ao vivo agora
01:43 min
MEDIATECA | 11.08.2017

O sonho do futebol europeu

Conteúdo relacionado

Assuntos relacionados