Carlos Conceição, nascido em Angola, estreia filme "Serpentário" na Berlinale

Ao vivo agora
12:48 min
Em entrevista à DW África, realizador revela que inspirou-se num pedido de sua mãe para compor a narrativa e criou um espaço fictício para contar a estória de um rapaz à procura do fantasma da mãe. Carlos fala ainda sobre a sua opção de viver em Portugal. Obra de ficção engloba momentos da história angolana, tem tom autobiográfico e concorre a prémios no Festival Internacional de Cinema de Berlim.