Ciclone Idai deixa rasto de destruição

Ao vivo agora
01:12 min
No centro de Moçambique, avaliam-se os estragos após a passagem do ciclone Idai. Autoridades registam até ao momento 48 mortes, centenas de feridos e desaparecidos. As falhas de energia e na rede de telecomunicações estão a dificultar o trabalho no terreno. ONU diz que mais de 600 mil pessoas foram afetadas . O correspondente da DW em Chimoio, Manica, registou os efeitos do ciclone na cidade.