"CPLP não pode sancionar nenhum Estado-membro"

Assistir ao vídeo 03:41
Ao vivo agora
03:41 min
A secretária-executiva da CPLP defende que os Estados-membros devem apoiar a integração da Guiné Equatorial no seio da comunidade lusófona. Entretanto, Maria do Carmo Silveira diz que a organização não dispõe de mecanismos para obrigar qualquer Estado a cumprir decisões.