Alemanha, um país com muitos nomes

Alemanha, um país com muitos nomes

Allemagne, Deutschland, Niemcy...

Repleta de povos e situada no centro da Europa, ao longo do tempo, a Alemanha ganhou várias denominações. Além da designação atribuída pelos romanos, a etimologia de muitas delas está ligada, frequentemente, à tribo com a qual os povos vizinhos se relacionavam ou à forma pela qual os próprios germânicos se chamavam.

Alemanha, um país com muitos nomes

Germania, Germany

Embora os povos do norte e do centro da Europa não se vissem como uma nação, na Antiguidade, os autores romanos os definiam genericamente como germanos, e a região que ocupavam ao leste do Reno era chamada de "Germania magna". Do latim, a denominação passou por volta do século 16 para o inglês ("Germany") e diversas línguas românicas, como o italiano e romeno ("Germania").

Alemanha, um país com muitos nomes

Alamanos, Allemagne

Após o fim do Império Romano no século 5°, as províncias foram ocupadas por povos bárbaros. Na Gália, os francos tiveram de conter, por séculos, a pressão dos vizinhos alamanos, tribo germânica que se concentrava na atual Alsácia-Lorena, Baden-Württemberg e Suíça. A terra dos alamanos passou a se chamar "Allemagne", dando origem, por exemplo, ao português (Alemanha) e espanhol ("Alemania").

Alemanha, um país com muitos nomes

Deutschland, Duitsland, Tyskland

Em alemão arcaico, a palavra "diutisc" (do povo), usada por volta do século 8° para designar as tribos germânicas, deu origem ao alemão "deutsch" e a outras variações em línguas germânicas norte-europeias. Assim, para os alemães, Alemanha é "Deutschland"; para os holandeses, "Duitsland"; para os dinamarqueses (foto), suecos e noruegueses, "Tyskland".

Alemanha, um país com muitos nomes

"Dutch" não é alemão

Em inglês, "Dutch" não significa alemão, mas holandês. E a explicação é simples. Inicialmente, os ingleses aplicavam o termo "dutch" para todos os povos germânicos. A partir do século 17, essa palavra passou a ser usada, também de forma pejorativa, somente para os holandeses, um dos grandes rivais dos ingleses na disputa pelo domínio marítimo.

Alemanha, um país com muitos nomes

Na Europa e na Ásia

Para designar Alemanha, a palavra "deutsch" também está presente em outras línguas como no islandês "Þýskaland" ou no iídiche "Daytshland". Mas a mesma raiz também se espalhou para outras línguas não germânicas, como para o chinês "Déguó" (德国) ou para o japonês "Doitsu" (ドイツ), que foneticamente foi emprestado do holandês "duits". Na foto: cerejeiras japonesas florescem em Bonn, na Alemanha.

Alemanha, um país com muitos nomes

Teutônico não vem de "deutsch"

É importante lembrar, no entanto, que o termo teutônico não tem, etimologicamente, nada a ver com "deutsch". Os teutões (do latim "Teutoni") eram somente uma das tribos germânicas que viviam no norte da Europa. Mas para os romanos, todos os germânicos eram "Teutoni", e a região que habitavam se chamava "Teutonia". Em italiano "tedesco" (alemão, língua alemã) vem de "deutsch", não de "Teutoni".

Alemanha, um país com muitos nomes

Saksa, Saksamaa

Já para finlandeses e estonianos, todos os alemães eram "saxões". Em finlandês, Alemanha se chama "Saksa"; em estoniano, "Saksamaa". Os termos remontam ao povo que vivia no norte da Alemanha e com quem, a partir do séc. 13, fazia-se negócios na região do Mar Báltico. Antes, em finlandês, a palavra "saksa" também era usada para designar "comerciante". Na foto: vista noturna de Dresden, na Saxônia.

Alemanha, um país com muitos nomes

Terra de estranhos

Nas línguas eslavas e outros idiomas do Sudeste Europeu, "Niem" – "aquele que não fala nossa língua" em eslavo arcaico – deu origem a várias designações de Alemanha: "Niemcy", em polonês; "Německo" em tcheco; "Németország", em húngaro. Mais tarde, esse termo relativo a "estrangeiro" passou a ser aplicado somente para os alemães.

Alemanha, um país com muitos nomes

Alemanha, polícia

Em diversas línguas de sinais, o "Pickelhaube", do alemão "Pickel" = ponta e "Haube" = boné, ou seja, o capacete em couro envernizado, adornado com uma ponta metálica e usado pelos militares e policiais alemães entre os séculos 19 e 20, deu origem ao sinal empregado pelos deficientes auditivos para designar a Alemanha e, antigamente, em regiões de língua alemã também "policial".

Ao longo de sua história, os alemães já foram representados pelos germanos, alamanos, saxões, teutônicos e prussianos. Isso fez com que o país recebesse diversas denominações em diferentes línguas. Veja algumas delas.

Siga-nos